A caminhada pode não ser linear

Olá! Hoje venho partilhar convosco um desabafo sobre um tema que me diz bastante.


 

 

Sempre fui uma rapariga bastante organizada, que planeava tudo ao pormenor e que de certo modo, pensava que podia controlar o que acontecia na minha vida. Eu era assim e nem me apercebia disso.

Chegou uma altura, em que uma nova fase iria surgir na minha vida. Eu estava muito entusiasmada, mas também ansiosa, o que é totalmente normal. Pensava que iria ser uma época cheia de felicidade, mas também de grande crescimento e aprendizagem. Eu tinha colocado, naquela fase uma grande espetativa. Mas a verdade é que o tempo foi passando e eu comecei a reparar que afinal essa nova fase não tinha nada daquilo que eu imaginei e planeei. Nessa altura, eu estava muito cansada. Estava esgotada emocionalmente. Tinha trabalhado e esforçado imenso para atingir o meu grande objetivo. A vida parecia que não queria colaborar comigo. Eu não compreendia o porquê de estar a acontecer comigo. A tristeza profunda foi-se alastrando. Já não era a mesma pessoa. O sorriso já não despertava em mim.

Mas o tempo passou e o tempo curou-me. Hoje, a tristeza já não é tão grande.

Ao refletir sobre este tema eu cheguei à conclusão que nós, imperfeitos como somos, temos tendência a planear e controlar tudo o que vai acontecer no futuro, mas isso nem sempre é bom, porque acabamos por criar futuros ilusórios ou imaginários. Imaginamos e planeamos tanto uma situação que desejamos que aconteça, que depois chega a hora e isso não se proporcionou. Tomamos por garantido algo e, quando isso não acontece ou não acontece como planeámos, nós ficamos tristes, desanimados e achamos que somos um fracasso.

Como uma amiga uma vez me disse, a vida não é linear. Na corrida para o sucesso e para a felicidade, nós iremos ter sempre uma caminhada com alguns altos e baixos. Nem tudo irá acontecer quando queremos. Haverá momentos de tristezas, mas também momentos de grande felicidade e são esses momentos que nos ensinam valores/aprendizagens importantes e são estes/(as) que nós vamos levar para o resto da nossa vida. São esses momentos que moldaram as pessoas que somos hoje!

Se as coisas não correram como tu querias, não tenhas medo, porque se isso que tu tanto planeavas não aconteceu, era porque não era a melhor altura para acontecer. Eu acredito nisso!

Não te esqueças: podes e deves continuar a lutar por aquilo que realmente queres. Não desistas!

 

“Passar por problemas, lutas e dores faz parte da caminhada, mas és tu quem decide se vais vencê-los, ou deixar eles vencer-te.”

– Augusto Cury

 

 

Anúncios

6 Comments Add yours

  1. Palavras fortes e verdadeiras, Sara! Este post demonstra muita maturidade. Espero que a tua vida a partir de agora corra de uma maneira que te faça feliz, quer os teus planos se realizem quer não 🙂

    Liked by 2 people

  2. JC diz:

    O tempo é a idade são por si só sinônimos de sabedoria pois o tempo faz-nos crescer e aprender. Nunca se perde tempo quando esse tempo nos faz parar refletir e segui em frente com mais força e mais saber.

    Liked by 1 person

  3. Os sentimentos são como as ondas. Não podemos controlar como vêm e vão, mas podemos escolher na qual queremos surfar. E o mesmo acontece com as várias experiências da vida. Nós é que escolhemos que importância queremos dar a umas e outras. E eu conheço um mestre que não nos deixa falhar se confiarmos nEle.

    Liked by 1 person

    1. É Verdade! Concordo com o que disseste! 😀

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s